Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

PCERJ em Ação

Secretaria de Polícia Civil e Ministério Público prendem acusado de obstruir provas das investigações dos assassinatos de Marielle Franco e Anderson Gomes

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
10/06/2020 10h32 - Atualizado em 10/06/2020 10h32

A Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), em ação conjunta com o Ministério Público Estadual (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), realizou, nesta quarta-feira (10/06), a operação “Submersus 2” para cumprir um mandado de prisão e dez de busca e apreensão relativos à investigação que apura as mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Durante a ação, um bombeiro militar acusado de atrapalhar as investigações foi preso.

Os mandados de busca foram cumpridos em endereços ligados ao preso e a outros investigados. Os decisões judiciais foram expedidos pela 19ª Vara Criminal da Comarca da Capital.