Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube Player

Institucional

Polícia Civil recebe doação de 160 fraldas descartáveis da turma de formandos Papiloscopistas

Fotografia: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
14/06/2017 16h50 - Atualizado em 14/06/2017 17h06

O Prédio da chefia de Polícia Civil foi palco, nesta terça-feira (13/06), de um momento marcante de solidariedade e companheirismo. A Turma de 96 Papiloscopistas Policiais, que se formaram pela Acadepol, em 2016, encaminhou a doação de 160 fraldas geriátricas para policiais cadeirantes da Instituição. A doação foi entregue pessoalmente para a delegada Sânia Burlandi, diretora do Departamento Geral de Recursos Humanos (DGRH), responsável pelo Setor de Assistência Social da Polícia Civil (SERAS) da Polícia Civil.

“Com enorme satisfação recebemos as fraldas que serão destinadas aos nossos aguerridos policiais acidentados e cadeirantes que, em ato de extrema sensibilidade, foram doadas pelo grupo de Papiloscopistas formados pela Acadepol e que se encontram aguardando data para efetiva nomeação e posse – comentou a diretora do DGRH.

De acordo com a Marcelle de Araújo Lopes, de 29 anos, uma das papiloscopistas formadas pela Acadepol e uma das idealizadoras da ação, a ideia nasceu da vontade de ajudar: “Estamos tão imbuídos dessa nossa luta para ser nomeado e enfim fazer parte da instituição que ao longo desse tempo fomos sentindo a importância do verbo ajudar. Mais do que uma simples palavra, quisemos partir para a ação, para a mão na massa. Fomos pesquisar e descobrimos que o SERAS ajuda colegas policiais que ficaram inválidos doando fraldas geriátricas e que lá o estoque estava baixíssimo. Com isso, decidimos nos mobilizar para arrecadar fraldas para eles”, explica Marcelle dizendo ainda que a intenção era fechar um número de 100 pacotes.

Pesquisando, batendo de porta em porta de farmácias por diversos bairros do Rio e de Niterói, conseguiram que a Farmácia SpeedFarma, no Ingá, em Niterói, abraçasse a causa. O combinado foi um desconto no valor do pacote de fralda: “Cada pacote da marca que vamos comprar lá nessa loja custa R$ 19,00. Os donos toparam ajudar e fizeram para a gente pelo valor de R$ 12,00.”

Para a alegria de todos, em uma semana, conseguiram ultrapassar a meta dos 100 pacotes, comemora Marcelle: “Começamos um pouco receosos, com medo de não conseguirmos os 100 pacotes. Mas foi tão bonito, tão legal. Com o boca a boca, o pessoal se mobilizou, os policiais se uniram. Tivemos muita ajuda de todo mundo, mesmo. Policiais lotados no IIFP, IML, DH Niterói, 59ª DP, 29ª DP, 159ª DP, CGNorte e DRFA também nos ajudaram. Fechamos com um total de 160 pacotes”, comemora Marcelle.