Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube Player

Notícias

Preso em flagrante gerente do tráfico de drogas  que atua  em vários bairros de Barra do Piraí

Fotografia: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
09/08/2017 18h33 - Atualizado em 09/08/2017 18h33

Policiais da 88ª DP (Barra do Piraí) prenderam em flagrante, nesta terça-feira (08/08), André de Oliveira Cordeiro, apontado como gerente do tráfico de drogas e integrante da facção criminosa que comanda o tráfico de entorpecentes de vários bairros do município. Ele foi detido juntamente como o comparsa, Michel da Silva Custódio, durante diligências para combater o tráfico de drogas que atua na região.

Durante as investigações, os agentes descobriram que o acusado realizava a venda de drogas quase que todo o dia e à noite. As investigações revelaram que Michel, comparsa de André na venda de drogas, tinha o costume de receber "cargas" de André, para serem vendidas na localidade conhecida como Mangueira,  no  bairro Boa Sorte, com a responsabilidade de, após o encerramento da venda da "carga", repassar o dinheiro arrecadado, retirando a sua parte.

A partir de uma informação de que, na segunda-feira (07/08), os dois teriam combinado a entrega de algo que poderia ser entorpecente, dinheiro ou até mesmo arma de fogo, os agentes começaram a monitorar mais de perto a dupla criminosa, ação que resultou em uma rápida operação, no início da noite desta terça-feira, após os policiais tomarem conhecimento de que André se encontraria com Michel nas proximidades do SENAI, no bairro Maracanã, momento que se mostrou oportuno para prendê-los.

Os agentes se posicionaram e aguardaram a negociação. Após alguns minutos, a equipe visualizou Michel em companhia de um adolescente e, em seguida, viram André se juntar à dupla. Em seguida, os policiais flagraram Michel passando, rapidamente, “um bolo de notas em dinheiro” para as mãos de André, momento em que foram abordados e vistoriados.
Com André, os agentes apreenderam a quantia de R$ 632,00 e um celular. Verificando as imagens do aparelho telefônico, com autorização do suspeito, foram encontradas fotografias com anotações referentes ao tráfico de entorpecentes. Com Michel nada foi encontrado em busca pessoal, assim como nada foi encontrado com adolescente.

Na residência de André, os agentes encontraram 188 sacolés e pinos contendo cocaína, uma balança de precisão, além de mais dinheiro proveniente da venda de entorpecente. Na eelegacia, Michel confirmou que estava entregando para André dinheiro da venda de drogas na região comandada pela facção criminosa.  Os dois foram presos por tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas