Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

PCERJ em Ação

Polícia Civil identifica acusado de matar policial militar na Avenida Brasil

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
06/11/2020 15h44 - Atualizado em 06/11/2020 15h44

Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) realiza diligências em busca do suspeito

A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) identificou um dos acusados de envolvimento no homicídio do policial militar Cirio Damasceno Santo, de 51 anos, que aconteceu no dia 12 de outubro deste ano, na Avenida Brasi. Os agentes realizam diligências, desde a manhã desta sexta-feira (06/11), nos bairros Marechal Hermes e  Realengo, na capital, e em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, para cumprir um mandado de prisão expedido pela Justiça. No dia do crime, Ismael Souza do Nascimento, de 81 anos, estava em outro carro, foi atingido pelos tiros e também morreu. 

Segundo as informações, o acusado estava em um veículo roubado e atacou a tiros a viatura onde estava o policial militar, que trabalhava no 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Ele foi atingido na cabeça e não resistiu. Os tiros efetuados pelos criminosos ainda acertaram outros veículos que estavam na Avenida Brasil. Um dos disparos atingiu o senhor Ismael, que foi socorrido, mas faleceu dias depois no hospital por conta dos ferimentos.

Após o ataque, o veículo usado pelos criminosos foi localizado pela Polícia Militar dentro da comunidade do Muquiço, onde foram encontradas munições de vários calibres de fuzis e pistolas. As investigações indicam que os autores do ataque aos policiais militares são traficantes de drogas daquela região. As diligências continuam em busca dos suspeitos. A Polícia Civil solicita que informações sobre o crime ou sobre a localização do autores sejam repassadas para o Disque Denúncia, no telefone 2253-1177.