Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube Player

Notícias

Polícia Civil cumpre 22 mandados de busca e apreensão contra sete alvos durante a segunda fase da Operação Lázaro

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
06/12/2017 11h59 - Atualizado em 06/12/2017 15h01

Policiais da 58ª DP (Posse) cumpriram 22 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça, durante a 2ª fase da Operação Lázaro, desencadeada, na manhã desta quarta-feira, contra integrantes de uma quadrilha envolvida em crimes de organização criminosa, esbulho possessório, falsificação de documento público e exercício arbitrário das próprias razões.
 
A ação contou com 23 equipes do Departamento Geral de Polícia da Baixada para atuar contra sete alvos situados nos bairros de Nova Iguaçu, Flamengo, Laranjeiras e Barra da Tijuca. Foram realizadas buscas nos cartórios do 10º Ofício de Notas de Nova Iguaçu e o 2º Ofício de Registros de Imóveis de Nova Iguaçu. As investigações não descartam o possível envolvimento de outros cartórios nessa organização criminosa.
 
Durante a operação, os agentes apreenderam cinco  livros no 10º Ofício;  dois livros no 2º Registro de Imóveis; vários celulares;  maço de papéis timbrado do 10º Ofício na casa de um dos alvos;  um revólver calibre 38 na casa da mãe do tabelião substituto; vasto material de Escrituras e Cartorários que serão analisados;   cerca de R$ 7 mil, em espécie, apreendidos na casa de um dos alvos, que também é tabelião substituto.
 
As investigações tiveram início em fevereiro deste ano a partir   da denúncia de uma família que teve seu terreno esbulhado por um integrante dessa organização criminosa. O terreno  fica situado às margens da Rodovia Presidente Dutra, estando avaliado em aproximadamente R$ 7 milhões.