Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube

Institucional

SEPOL divulga esquema de policiamento para a Copa América

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
12/06/2019 16h07 - Atualizado em 12/06/2019 16h07

A Secretaria de Estado de Polícia Civil está atuando no policiamento para a Copa América. O reforço vai até oito de julho, dia seguinte à final da competição. Todas as delegacias do estado estão funcionando normalmente.

As distritais: 10ª DP (Botafogo), 13ª DP (Copacabana) e 14ª DP (Leblon), 16ª DP (Barra da Tijuca), 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), 18ª DP (Praça da Bandeira ) e 20ª DP (Vila Isabel), Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (DEAT), no Leblon, Delegacia de Atendimento Policial do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DAIRJ), no Aeroporto do Galeão, estão com efetivo reforçado por conta da maior circulação de pessoas nessas áreas durante o evento, incluindo núcleos de atendimento ao turista estrangeiro.

No Maracanã, será instalada uma delegacia móvel para atender às ocorrências do entorno do estádio em dias de jogos, com plantões de delegados, agentes com fluência em inglês e espanhol, e peritos legista e criminal. A unidade irá funcionar em conjunto com o Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos (JETGE) conforme os horários das partidas.

A 20ª DP vai atuar como Central de Flagrantes Extraordinária, registrando ocorrências de qualquer crime e termos circunstanciados que estejam fora da competência do juizado, mas que tenham relação com o evento. Já a 7ª DP (Santa Teresa) será uma unidade de apoio estratégico, com atribuição voltada para registros de ocorrências em flagrante ou não, e termos circunstanciados relativos à manifestações violentas.

A Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) terá equipes de prontidão no estádio, inclusive com agentes do Esquadrão Antibombas para verificação de artefatos explosivos e também no gerenciamento de crises e possíveis intervenções táticas.
A Coordenadoria de Fiscalização de Armas e Explosivos (CFAE) vai fiscalizar a queima de fogos de artifício no interior do Maracanã. O número de peritos no Instituto Médico Legal (IML), Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) e Instituto de Identificação Félix Pacheco (IFP) também será maior.