Logotipo da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro Logotipo do Facebook Logotipo do Twitter Logotipo do Instagram Logotipo do YouTube Player

Institucional

DESARME / CORE

Fotos: Divulgação

ASCOM - Assessoria de Comunicação
10/10/2017 17h43 - Atualizado em 10/10/2017 17h49

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, por meio de uma ação integrada entre a *Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos - DESARME* - e a *Coordenadoria de Recursos Especiais - CORE* - enviou dois policiais civis para se especializarem em um treinamento de alto nível de cães na Colômbia.

Os agentes da Polícia Civil estão participando de um treinamento de 3 meses de duração, em período integral, na "Escuela de Guias y Adiestramiento Canino" da Polícia Nacional da Colômbia, situada no município de Facatativá, Cundinamarca.

O objetivo é aperfeiçoar os policiais civis da CORE no treinamento de cães de trabalho e também formar novos cães de faro de drogas, armas, munições e explosivos.

Os cães são uma importante ferramenta de trabalho para que os policiais civis da DESARME consigam identificar carregamentos ilícitos de armas, munições e explosivos no Estado do Rio de Janeiro, evitando que cheguem às mãos dos criminosos.

A “Escuela de Guias y Adiestramiento Canino Agente Alvaro Rojas Ahumada”, com origem em 1962, é responsável por capacitar cães e guias do Exército Colombiano, Polícia Nacional da Colômbia, Força Aérea Colombiana, Fiscalização Aduaneira e diversas instituições de outros países, formando cães detectores de narcóticos, armas, munições explosivos, busca de animais silvestres, busca e resgate de pessoas, dentre outras atribuições, sendo reconhecida internacionalmente como referência no cenário de cães empregados por forças de segurança.